domingo, 21 de junho de 2009

Perdão

A ti meu aluno, a minha singela homenagem.
Lutei, mas a luta não foi ainda suficiente para que os homens se tratem como irmãos. Na ganância, os homens tiram a vida de seus pares.
Te peço perdão, pelos que nada fazem por essa classe sofrida de trabalhadores assalariados, por essas famílias que lutam pela sobrevivência e por um pouco de dignidade.
Mas te prometo, não serás apenas um número na estatística dos poderosos, daqueles que não chegaram a crescer.
Tu serás o menino trabalhador e leal. Vou orar por ti e lutar mais e mais pelos que estão por aí...Vá em paz, ver os olhos de Deus...
(Tania Graniço)
SENHORES...
Vocês aprontam os gatilhos, para os outros atirar
Então vocês se afastam e assistem
Enquanto a contagem dos mortos aumenta
Vocês se escondem em suas mansões
Enquanto o sangue dos jovens
Escorre pelos seus corpos
E são enterrados na lama...
(Bob Dylan)

Nenhum comentário:

Postar um comentário